terça-feira, 24 de agosto de 2010

Uma grande literária

Vamos ver um trecho que foi escrito por Rachel de Queiroz:





"[...] tento, com a maior insistência, embora com tão
precário resultado (como se tornou evidente), incorporar
a linguagem que falo e escuto no meu ambiente nativo à
língua com que ganho a vida nas folhas impressas.  Não
que o faça por novidade, apenas por necessidade.
Meu parente 
José de Alencar quase um século atrás vivia
brigando por isso e fez escola."

(Assinatura de Rachel de Queiroz.)







6 comentários:

  1. Esse meu sobrinho me mata de orgulho *-*

    ResponderExcluir
  2. Vou continuar atualizando, espero que acompanhe a vida dessa grande literária.

    ResponderExcluir
  3. Bom, não tenho mais o que diizer Igor, adorei o blog, muito criativo. Parabéens s2

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado Isabelly. Continue acompanhando.

    ResponderExcluir